Highslide for Wordpress Plugin
Liturgia diária
Evangelho: São Vito, mártir
Santo: Santo Adolfo de Osnabrueck, bispo
Pastorais e movimentos
Pastoral da Pessoa Idosa Pastoral da Pessoa Idosa
Mensagem do pároco › 17/12/2013

Tempo de Mudanças

O cotidiano nos mostra que mudar é sempre um desafio. Basta olharmos para as vezes que temos que fazer esta experiência. Ter de mudar é sinônimo de novidade, e novidade por sua vez de incertezas. É justamente nesse sentido que a mudança se lança em nossa vida como desafio, o desafio de deixar aquilo que já nos possibilita segurança e nos abre ao incerto, ao desconhecido.

Olhemos por exemplo para uma família que há tantos anos mora em uma casa ou em um apartamento, ou para um trabalhador que há muitos anos trabalha em um determinado lugar. Estes longos anos lhes possibilitaram ter certas seguranças, amizades, estabilidades, ter as coisas em seus devidos lugares. Agora pensemos nesta mesma família, neste mesmo trabalhador tendo que se mudar, tendo que deixar este lugar onde já existia esta estabilidade, esta segurança e organização. Isso de fato é desafiador. É fazer a experiência de recomeçar, de organizar sua vida novamente.

Mas penso ainda que mudar é um grande desafio, porque implica arrumar malas, organizar as próprias coisas. É tempo oportuno para se desfazer daquilo que no fundo não tem importância. Nesta hora somos mais uma vez desafiados a admitir que muitas coisas que carregamos, que acumulamos ao longo do tempo, são sem importância nenhuma em nossa vida.

Por outro lado, este é o momento também de levarmos conosco aquilo que é de fundamental importância na nossa vida, e que muitas vezes no dia a dia não nos damos conta que as temos. Neste sentido, mudar é tempo também de descobertas.

Penso nestas coisas pois este é para mim um tempo de mudança. É hora de organizar as coisas, me desfazer daquilo que não tem importância, mas também encaixotar o que precisa ser encaixotado, colocar na mala o que é importante.

E neste arrumar as malas fui percebendo que devo levar muitas coisas importantes que recebi neste tempo que por aqui pude estar e que, sem duvida nenhuma, serão de fundamental importância em minha vida. E três destas coisas ocupam muito espaço na mala, pois as levo em grande quantidade.

Em primeiro lugar a amizade. Levo a experiência de ter conquistado muitos amigos, pessoas com quem pude fazer a experiência de partilhar a vida, de criar laços, de preencher o tempo de forma alegre e criativa. De sorrir junto, e com alguns de me entristecer, e ter as mesmas esperanças.

Em segundo lugar o carinho que sem duvida o levo comigo. E foi tanto recebido neste tempo! Sejam em gestos, em palavras, e tanto de maneira silenciosa.

E em terceiro, e a mala já está ficando cheia pois foi tanta amizade e carinho, levo a gratidão a Deus por ter me possibilitado neste tempo ter conhecido pessoas tão especiais com quem pude aprender muito, aqueles que me ensinaram com seus gestos, com suas palavras e principalmente com a maneira como vivem suas vidas e testemunham no seu modo de ser o evangelho de Jesus Cristo.

A toda Paróquia Santa Ângela e São Serapião, fica meu carinho e gratidão por este tempo tão especial.

“O que a memória ama fica eterno” escreve Adélia Prado, assim ‘minha gente” os levo todos de maneira apaixonada em minha memória. E termino de forma alegre fazendo minhas as palavras do poeta Mario Quintana em um de seus poemas: ” Se tiver de me esquecer, me esqueça. Mas bem devagarzinho.”

Um abraço cheio de ternura em todos! Um Santo e Feliz Natal!

Pe. Everton Fernandes Moraes


Onde estamos
Largo Santa Angela, 22 - Vila Moraes São Paulo, SP (saiba como chegar)
Horários de Missas

Paróquia Santa Ângela e São Serapião

Segunda-feira, às 15h, Missa pelas almas;
Terça e Quinta-feira, às 19h30;
Sábado, às 16h;
Domingo, às 7h, 10h e 18h;

Toda primeira segunda-feira do mês, às 20h, Missa dos homens;
Toda primeira quinta-feira do mês, às 15h, Missa da saúde;
Toda primeira sexta-feira do mês, às 5h30, Missa do Sagrado Coração;
Toda última quinta-feira do mês, às 17h30, Adoração e às 20h, Missa da família.

Comunidade Imaculada Conceição

Quarta-feira, às 19h30;
Domingo, às 8h30.

Siga-nos