Highslide for Wordpress Plugin
Liturgia diária
Evangelho: 6ª-feira da 12ª Semana do Tempo Comum
Santo: Santos Pedro e Paulo
Pastorais e movimentos
Pastoral da CriançaPastoral da Criança

Catequese no Batismo: 3 . A força para vencer o mal

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Continuemos a nossa reflexão sobre o Baptismo, sempre à luz da Palavra de Deus.

E ‘o evangelho para iluminar os candidatos e para encorajar o envolvimento de fé: ‘O batismo é tão especial’, o sacramento da fé ‘uma vez que é a entrada sacramental na vida da fé'( Catecismo da Igreja Católica , 1236 ) . E a fé é a entrega de si ao Senhor Jesus, reconhecida como uma “fonte de água […] para a vida eterna” ( Jo 4:14), “luz do mundo” ( Jo 9,5), “a vida e ressurreição »( Jn11.25), como ensina o caminho percorrido, ainda hoje, pelos catecúmenos, agora próximos de receber a iniciação cristã. Educado de ouvir Jesus, seus ensinamentos e suas obras, os catecúmenos reviver a experiência da samaritana sede de água viva, o cego de nascença que abre os olhos para a luz, Lázaro saindo da tumba. O Evangelho traz em si a força para transformar aqueles que o acolhem com fé, arrancando-o do domínio dos ímpios para que aprendam a servir ao Senhor com alegria e novidade de vida.

Na pia batismal você nunca vai sozinhomas acompanhada da oração de toda a Igreja, recordada pelas litanias dos santos que precedem a oração do exorcismo e a unção pré-batismal com o óleo dos catecúmenos. Seus gestos, desde os tempos antigos, certifique-se aqueles que se preparam para renascer como filhos de Deus que a oração da Igreja auxilia-los na luta contra o mal, acompanhando-os no caminho do bem, ele ajuda-los a escapar do poder do pecado para passar em reino da graça divina. A oração da igreja. A Igreja ora e ora por todos, por todos nós! Nós Igreja, nós oramos pelos outros. É bom rezar pelos outros. Quantas vezes não temos necessidade urgente e não rezamos. Devemos orar, unidos à Igreja, pelos outros: “Senhor, eu te peço pelos necessitados, por aqueles que não têm fé …”. Não esqueça: a oração da Igreja está sempre em progresso. Mas devemos entrar nesta oração e orar por todo o povo de Deus e por aqueles que precisam de orações. Por esta razão, o caminho dos catecúmenos adultos é marcado por repetidos exorcismos pronunciados pelo sacerdote (cf. CCC , 1237 ), ou por orações que invocam a libertação de tudo o que separa de Cristo e impede a união íntima com Ele. Mesmo para as crianças que pede a Deus para libertá-los do pecado original e consagrar habitação do Espírito Santo (cf. Rite do Batismo das Crianças , nº 56). As crianças. Orando pelas crianças, pela saúde espiritual e corporal. É uma maneira de proteger as crianças com a oração. Como comprovado pelos Evangelhos, Jesus lutou e expulsou os demônios para manifestar a vinda do Reino de Deus (cf. Mt 12,28): sua vitória sobre o poder do maligno deixa espaço livre para o domínio de Deus que acolhe e se reconcilia com vida.

O batismo não é uma fórmula mágica, mas um dom do Espírito Santo que permite que aqueles que o recebem ” lutem contra o espírito do mal “, acreditando que “Deus enviou seu Filho ao mundo para destruir o poder de Satanás e transferir o homem”. das trevas em seu reino de luz infinita “(veja Rito do Batismo de Crianças , nº 56). Sabemos por experiência que a vida cristã está sempre sujeita à tentação, acima de tudo à tentação de separar-se de Deus, da sua vontade, da comunhão com ele, de cair nos laços das seduções mundanas. E o Batismo nos prepara, nos dá força para essa luta diária, até a luta contra o demônio que – como diz São Pedro – como um leão tenta nos devorar, para nos destruir.

Além da oração, então há uma unção no peito com o óleo dos catecúmenos, que “irá receber a força para renunciar o diabo eo pecado, antes de aproximar-se da fonte e rinascervi à vida” ( Bênção dos Óleos : Foreward No. 3). Por causa da propriedade do óleo de penetrar nos tecidos do corpo e trazê-lo benefícios, os antigos lutadores costumavam borrifar com óleo para tonificar os músculos e escapar mais facilmente ao aperto do oponente. À luz deste simbolismo dos primeiros cristãos adotaram o costume de ungir o corpo de candidatos para o batismo com óleo abençoado pelo bispo [1] , a fim de dizer com este “sinal de salvação”, que o poder de Cristo, o Salvador, fortalece-se para lutar contra o mal e superá-lo (cf. Rito do Baptismo das Crianças , n. 105).

É difícil lutar contra o mal, escapar de suas decepções, recuperar a força depois de uma luta cansativa, mas devemos saber que toda a vida cristã é uma luta. Mas também devemos saber que não estamos sozinhos, que a Igreja Mãe reza para que seus filhos, renascidos no Batismo, não sucumbir às armadilhas do maligno, mas a vitória pelo poder da Páscoa de Cristo. Fortalecido pelo Senhor ressuscitado, que derrotou o príncipe deste mundo (cf. Jo 12,31), nós também podemos repetir com fé de São Paulo: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” ( Filipenses 4:13). Todos nós podemos ganhar, ganhar tudo, mas com a força que vem de Jesus para mim.


APELO

para a Cúpula Inter-Coreana

Na próxima sexta-feira, 27 de abril, uma Cimeira Inter-Coreana será realizada em Panmunjeom, que terá a participação dos líderes das duas Coréias, o Sr. Moon Jae-in e o Sr. Kim Jong Un. Esta reunião será uma oportunidade favorável para iniciar um diálogo transparente e um caminho concreto de reconciliação e de nova fraternidade, a fim de garantir a paz na península coreana e no mundo inteiro.

Para o povo coreano, que deseja ardentemente a paz, asseguro minha oração pessoal e a proximidade de toda a Igreja. A Santa Sé acompanha, apoia e encoraja todas as iniciativas úteis e sinceras para construir um futuro melhor, em nome do encontro e da amizade entre os povos. Para aqueles que têm responsabilidades políticas diretas, peço que tenham a coragem da esperança, tornando-se “artesãos” da paz, enquanto eu os exorto a continuar com confiança o caminho empreendido para o bem de todos. E como Deus é Pai de todos e Pai da paz, convido-os a orar ao nosso Pai, Deus, Pai de todos, pelo povo coreano, tanto no sul como no norte.

Recital do Pai Nosso




Onde estamos
Largo Santa Angela, 22 - Vila Moraes São Paulo, SP (saiba como chegar)
Horários de Missas

Paróquia Santa Ângela e São Serapião

Segunda-feira, às 15h, Missa pelas almas;
Terça e Quinta-feira, às 19h30;
Sábado, às 16h;
Domingo, às 7h, 10h e 18h;

Toda primeira segunda-feira do mês, às 20h, Missa dos homens;
Toda primeira quinta-feira do mês, às 15h, Missa da saúde;
Toda primeira sexta-feira do mês, às 5h30, Missa do Sagrado Coração;
Toda última quinta-feira do mês, às 17h30, Adoração e às 20h, Missa da família.

Comunidade Imaculada Conceição

Quarta-feira, às 19h30;
Domingo, às 8h30.

Siga-nos